IMG_1538 thumb

Como fazer seitan em casa – receita de bifes de seitan (e instruções para congelar)

O seitan é feito de glúten do trigo. É uma excelente fonte de proteína, 100gr de seitan tem cerca de 16gr de proteína que é tanto como um bife de vaca. Mas ao contrario do bife, o seitan tem a vantagem de não conter gordura saturada nem colesterol. Quando cozinhado com molho de soja, contém todos os aminoácidos essenciais tornando-o num óptimo alimento e uma fonte de energia.

O processo tradicional da confecção de seitan consiste em juntar farinha integral de trigo e água até formar uma bola, como quem faz pão e depois levar a massa até todo o amido sair e ficar apenas a proteína. Este é um processo moroso, que utiliza imensa água para produzir uma pequena quantidade.

Hoje em dia, já é possível encontrar farinha de glúten de trigo que faz com que este processo seja mais rápido e fácil, mesmo para principiantes. Tem também a vantagem de permitir temperar o seitan directamente na mistura do glúten, tornando-o num alimento muito versátil.

Para quem nunca fez seitan, pode ser intimidante ver uma lista com tantos ingredientes. Mas não se preocupem, depois de os terem à mão é só misturar os secos numa taça e os líquidos noutra e depois misturar até obter uma massa consistente: e temos seitan! Depois é só cozinhá-lo e está pronto para ser utilizado nos vossos pratos favoritos.

Depois de fazerem seitan em casa, dificilmente quererão comprar seitan já feito outra vez. Não acreditam? Então mão à obra!

video thumb

Cuscuz com grão e alperce

Sabem aqueles dias em que não apetece cozinhar? Ou quando não temos tempo? Esta receita é para esses dias, ou para qualquer outro em que apeteça. Esta salada de cuscuz fica pronta em 15 minutos.

Pessoalmente, é um dos meus pratos preferidos do Verão, às vezes até sabe melhor no dia a seguir depois de ter passado a noite no frigorifico. Adoro poder sentar-me no terraço com uma cerveja fresca e um prato desta salada a saborear o dia. Espero que gostem também!

IMG_1594 thumb

Arroz Doce

Bem-vindos à primeira receita do canal Tuga Vegetal!

Hoje trago-vos uma das receitas Portuguesas mais fáceis de veganizar, o Arroz Doce. Esta variação vegetal não fica nada atrás em sabor ou aspecto da original, com a vantagem de ser mais saudável por ter um teor de gordura significativamente mais baixo ao substituirmos os ingredientes de origem animal da receita tradicional.

Prontos para ficarem surpreendidos? Vamos lá!