papas de abóbora

As melhores papas de abóbora deste Outono – receita de conforto

Estas papas de abóbora cremosas levam-me a viajar à minha infância. A minha avó de afecto costumava fazer estas papas no Outono e era das minhas comidas de conforto preferidas, são docinhas, cremosas, quentinhas e com um toque de canela ainda ficam mais aconchegantes. Esta receita é boa de se fazer a olho mas como sei que muitos de vocês preferem medidas, eu coloco a seguir as quantidades que usei para fazer estas papas. Vão provando e sigam o vosso gosto, se mais doce, se mais cítrico, ou mais espesso. Afinal de contas, quando a fazem em vossa casa ela passa a ser a vossa receita de papas de abóbora 🙂

E com as sementes de abóbora, podem fazer um snack delicioso e nutritivo para não as desperdiçar. Assim como podem usar as cascas para sopas ou para fazer umas chips de casca de abóbora no forno – será que gostariam de ver esta receita por aqui também? Digam-me nos comentários!

Mas agora, vamos ao que interessa! Vou-vos ensinar as fazer as melhores papas de abóbora que vão provar este Outono.

bolinhos de chá

Bolinhos de chá sem ovos nem leite, biscoitos de limão, bolos de noivo – receita vegana

A receita destes bolinhos de chá é uma adaptação de uma receita de uma revista de culinária da minha mãe. Na revista estes bolos chamavam-se bolos de noivo e eram não-veganos mas tinham tão bom aspecto que eu decidi veganizá-los e partilhar com vocês. São uma mistura entre bolinho e biscoito com um aroma a limão delicioso que sabe mesmo bem a acompanhar uma chávena do vosso chá preferido nestes dias de Outono e daí eu achar que o nome “bolinhos de chá” é muito mais adequado, e vocês o que acham? Que nome dariam a estes bolinhos?

blondies de cenoura

Blondies de cenoura – com 5 ingredientes apenas, vegan, sem glúten, sem ovos, sem leite

Apetece-te algo doce e rápido de fazer? Estes blondies de cenoura são o que procuras! Com 5 ingredientes apenas, misturados na mesma taça estão prontos para ir ao forno em 5 minutos…a parte chata é apenas esperar que estejam cozinhados!

Se gostas das minhas receitas, regista-te no blog e subscreve o canal 🙂

papas de aveia no forno

Papas de aveia no forno – receita vegana e sem gluten

Se já provaste a minha receita das melhores papas de aveia do mundo, tu sabes que elas são mesmo as melhores papas de aveia do mundo!

No entanto, às vezes apetece variar e por isso hoje trago-te uma receita de papas de aveia diferente, são papas de aveia no forno.

Eu adoço as minhas papas de aveia com banana bem madura, mas podes utilizar um adoçante ou açúcar da tua preferência. Elas podem ser consumidas mornas ou frias e aguentam no frigorífico cerca de 4 dias numa caixa fechada. Eu costumo acompanhar com mais fruta ou iogurte ou um fio de xarope de ácer ou de agave ou manteiga de amendoim, raspas de chocolate e frutos secos. As possibilidades são imensas!

Se quiseres uns waffles de aveia, espreita esta receita.

travessa verde com bolachas de abobora recheadas com doce de gila e amendoa

Bolachas de abóbora com gila e amêndoa

Abóbora, gila e amêndoa é a combinação perfeita de sabores nestas bolachas recheadas. São óptimas para acompanhar um cházinho numa tarde chuvosa em frente à lareira.

 

Ingredientes (12 unidades):

  • 1 copo de puré de abóbora*
  • 4 c. sopa de margarina
  • 3/4 copo de açúcar amarelo
  • 1 limão pequeno, raspa
  • 1 pitada de canela
  • 1 pitada de noz moscada
  • 1 pitada de gengibre em pó
  • 1 pitada de sal
  • 3 c. sopa de linhaça moída
  • 2 copos de farinha de trigo com fermento

 

  • Doce de gila qb
  • Amêndoa laminada qb

 

Numa taça grande, coloco a abóbora, a margarina e o açúcar amarelo e misturei com a batedeira. Como a minha abóbora estava em cubos a massa não ficou completamente lisa (ver Notas) mas podes usar uma varinha mágica neste passo.

Depois juntei o limão, as especiarias, o sal e a linhaça e continuei a misturar com a batedeira. Fui adicionando a farinha aos poucos (por 4 vezes) e quando a massa ficou demasiado densa para a batedeira usei uma colher. Quando começar a formar uma bola pegajosa, está pronta. Deixo repousar no frigorífico por 30 minutos.

Pré-aqueço o forno a 180°C.

Depois, num tabuleiro coberto com papel vegetal coloco colheradas de massa, tentando que fiquem em formado esférico. Com a parte de trás de 2 colheres, abro um buraco no meio de cada bolacha e encho com doce de gila. Polvilho amêndoa laminada e levo ao forno cerca de 12-15 minutos.

Notas:

*Eu usei abóbora cozida muito bem escorrida e à temperatura ambiente para não adicionar mais água à massa. Como não a triturei em puré, ficou desfiada mas se preferires uma bolachas mais macias tritura a abóbora completamente.

 

Vê o vídeo:

prato com 5 croquetes de soja

Croquetes de soja – croquetes veganos

Croquetes são um salgadinho português muito famoso em alturas festivas e picnics. Esta é uma receita que vocês já me pediram imensas vezes, e assim como os rissóis, acredito que vão ser um sucesso!

Esta receita rende mais de 30 croquetes e podem ser congelados e ser mantidos no congelador 3-4 meses. Quando for altura de usar não é necessário descongelar e podem ser fritos de imediato. Não experimentei fazer no forno mas acredito ser possível, pincelando cada um com óleo vegetal ou usando óleo em spray no tabuleiro e croquetes.