bringelas recheadas e arroz de cogumelos

Eu fiz as beringelas recheadas da Miyokko Schinner – receita adaptada

Desde que vi o vídeo da Miyokko destas beringelas recheadas que quis experimentar e não desiludiram! A Miyokko foi uma, ou talvez a, das primeiras mulheres a abrirem uma bakkery vegan nos Estados Unidos nos anos 80 e a lançar uma marca de queijos veganos. Tem também um livro de básicos vegan e queijos veganos que eu adorei – este aqui.

Para esta receita de beringelas recheadas, como não tinha alguns ingredientes que ela usou como o mirin ou o sake por serem tão específico e não os usar regularmente que adaptei a ingredientes que usamos mais frequentemente nas nossas casas.

Espero que gostem desta versão, digam-me se experimentarem e partilhem nas redes sociais marcando-me @tugavegetal

 

Ingredientes:

 

  • 1 cogumelo portobello (ela usou eringi)
  • 1 caneca de arroz carolino (ela usou arroz japonês)
  • 2 c. de molho de soja
  • ¼ c. de vinho branco (ela usou sake)
  • 1 tira de alga kombu
  • Sal qb
  • Água qb

 

NOTA: os ingredientes que estão a azul podem ser adquiridos ao clicar no link – os links são afiliados o que quer dizer que posso receber uma pequena comissão, não tendo qualquer custo extra para ti.

 

Pré-aquecer o forno a 200°C. Cortar as beringelas ao meio com a ponta da faca fazer cortes diagonais em todo o interior formando losangos. Pincelar levemente as superfícies cortadas com óleo de sésamo tostado e colocar numa assadeira forrada com papel vegetal com o lado cortado voltado para baixo. Levar ao forno cerca de 15-20 minutos até ficar macio.

Entretanto, numa tigela média, misturar o miso, o agave e o vinagre de arroz e mexer até formar uma pasta. Esfarelar o tofu para dentro da taça e misturar bem esmagando o tofu com um garfo.

Quando as bringelas estiverem já macias, retirar do forno e com uma colher retirar a polpa com cuidado para não danificar a casca. Juntar as beringelas ao resto do recheio e misturar bem.

Rechear as cascas de beringela com esta mistura e polvilhar com sementes de sésamo preto e um fio de óleo de sésamo torrado. Assar por cerca de 15 a 20 minutos até ficarem levemente douradas.

Para o arroz, lavar e secar o cogumelo, retirar o caule e raspar o interior (congelar para caldos ou patés). Cortar o cogumelo ao meio de depois em tirar e reservar. Colocar num tacho o arroz e cobrir com água suficiente (cerca de 2 dedos acima do arroz). Adicionar o molho de soja, o vinho branco, um pouco de sal, a alga e os cogumelos e levar ao lume a cozinhar tapado até começar a ferver. Depois destapar e deixar cozinhar em lume médio até estar macio.

Servir as beringelas com o arroz acompanho de espinafres, esparregado ou salada verde.

 

Vê o vídeo:

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *